Brindes para crianças: um investimento no público que decide

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×

Personagens fortes e brindes são grandes atrativos para influenciar as crianças no momento da compra. E o desejo dos pequenos pela marca também determina o ato da compra pelos pais.

Em pesquisa realizada pela TNS, sobre compras feitas em shopping centers, 49,55% são influenciadas pela opinião das crianças. Com tanta tecnologia, elas também estão mais antenadas, autodidatas e vão atrás do que julgam interessante, além da influência dos amigos e da publicidade. A pesquisa também mostrou que, em alguns segmentos, a escolha das crianças chega a 82%, como no setor alimentício, na área de bolachas e chocolates.

O Brasil também conta com o maior índice de mães que se disseram dispostas a sacrificar o bolso para atender a um desejo do filho, chegando a 71%. Com tanta voz ativa na hora da compra, chamar a atenção desse público é mais do que importante.

Pesquisa realizada por professores e alunos da Escola Superior de Administração, Marketing e Comunicação (ESAMC) sobre hábitos e consumo de crianças, também em shopping centers, mostra que 65% dos pequenos apresentam argumentos estruturados na hora de convencer os pais e somente 35% “vencem pelo cansaço”.

As classes C e D são mais vulneráveis aos argumentos dos filhos, como consta em pesquisa do Instituto de Pesquisa Data Popular. Como as crianças das classes citadas já crescem em um ambiente sem tantos recursos como as das classes A e B, elas acabam aprendendo mais cedo diversas maneiras de convencer os pais. Uma menina, por exemplo, que ajuda a mãe a lavar a roupa, passa a ser usuária de sabão em pó e, consequentemente, sua influência na hora da compra será maior, ainda mais se tiver algum atrativo extra, como o brinde.

Por Socci Comunicação

Fontes:
– TNS Research International
– ESMAC
– Data Popular
– ABRASCE
– Marketing e Vendas.

Deixe uma resposta