Centauro leva campanha aos cinemas 3D de Goiás, São Paulo e Rio Grande do Sul

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×

Publicidade é veiculada antes do filme Shrek nas sessões 3D dos complexos Kinoplex Itaim, Goiânia Shopping e Bourbon São Leopoldo

A partir de amanhã até dia 22 de julho, antes das sessões em 3D do filme Shrek – uma das animações mais aguardadas do ano – os espectadores que forem ao Kinoplex Itaim, em São Paulo; Goiânia Shopping, em Goiás; e ao Bourbon São Leopoldo, no Rio Grande do Sul; poderão conferir a publicidade em 3D feita pela Centauro, loja referência em artigos esportivos.
Com o foco no público jovem, o filmete “Loja”, de 30 segundos de duração, mostrará a sensação dos jovens dentro das lojas Centauro.

De acordo com o diretor comercial da Circuito Digital, André Porto Alegre, nos últimos meses, a Circuito Digital tem sido muito procurada por empresas que querem apostar em tecnologia 3D na hora de expor sua marca nos cinemas.

“As empresas perceberam que o 3D possibilita uma experiência única com seu público-alvo, até mais impactante do que a já proporcionada pela mídia cinema. Isto deve se intensificar cada dia mais, pois para esse ano ainda temos programado o lançamento de mais de 10 filmes em 3D. Além disso, como business, a exibição em terceira dimensão é muito promissora. Basta levarmos em conta que a média de ocupação das salas com esta tecnologia é 40% superior à das salas com filmes em 2D”, afirma o executivo.

Sobre a Circuito Digital – A Circuito Digital é hoje uma das principais empresas multiplataforma de distribuição de conteúdo publicitário digital para cinemas no Brasil, a chamada cine-publicidade. Com forte atuação em 13 estados mais o Distrito Federal, a empresa se especializa também em novos negócios no varejo. Com cinco anos de história, a Circuito Digital tem uma equipe especializada em desenvolver projetos inovadores e capazes de surpreender os espectadores no “escurinho do cinema”. São 315 salas das redes Severiano Ribeiro, CineSystem, Playarte, CineShow e Cineart.

Fonte: portaldapropaganda.com.br

Deixe uma resposta