Charme e beleza no Red Bull Roda Bola

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×

O esporte que é febre nas areias cariocas, a altinha, recebeu o seu primeiro campeonato, o Red Bull Roda de Bola. As 32 selecionadas praticantes, divididas em oito quartetos, disputaram o primeiro título da modalidade que envolve técnicas de futevôlei e futebol e que, até então, era apenas uma brincadeira de praia.

Dentre os times batizados com os nomes das mais famosas praias do Rio de Janeiro, o destaque ficou para a equipe Ipanema, campeã do torneio, formada por Karina Vela, Fabrina Vinhaes, Josi Alves e Jimena Leon. Esbanjando entrosamento, toques de classe e criatividade na variação dos movimentos, o grupo manteve-se sempre à frente das adversárias nas duas primeiras baterias eliminatórias e, na final contra o time do Leme, voltou a levantar o público e a impressionar os jurados, superando as rivais por 29,2 a 29,0 e ficando com o título.

Em terceiro lugar, o time Leblon completou o pódio com os 26,4 pontos obtidos na semifinal e ainda teve a atleta Renata Dannemann coroada como melhor jogadora do Red Bull Roda de Bola.

“No começo tentamos combinar nossas jogadas, mas aos poucos percebemos que a melhor estratégia era relaxar e fazer o que a gente sabe, que é brincar com a bola. Acabou dando certo”, comentou Karina Vela, de 28 anos, uma das primeiras garotas a se arriscar na altinha, quando o esporte ainda era dominado pelos homens. A instrutora de futevôlei Josi Alves reconhece que o equilíbrio da equipe também contribuiu. “Algumas gostam mais de bater forte, atacar, enquanto outras, como eu, preferem defender as bolas mais difíceis. Estamos muito felizes com essa conquista”, afirmou.

As apresentações tiveram seis minutos de troca de passes por equipe e uma comissão de jurados avaliou cada conjunto. A apresentadora Dani Monteiro ficou responsável pelas notas do quesito estilo, avaliando a plasticidade e a beleza dos passes. O surfista de ondas grandes Carlos Burle deu as notas pela criatividade das jogadas e o lutador de muay thai Bernardo Braga, conhecido como “Rasta”, avaliou a técnica e o controle de bola das jogadoras na roda. “Estou chocada com o desempenho dessas meninas. Como se não bastasse a beleza, elas têm muita força e talento”, analisou Dani Monteiro ao final da competição.

Fonte: Promoview

Deixe uma resposta