Driblando a Crise

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×

A criação constante de novos produtos ainda é a melhor saída para enfrentar a crise econômica.

A demanda por produtos promocionais no Brasil está crescendo a cada ano. Essa é a afirmação de profissionais do setor e de fabricantes como Luciano Raizler, diretor presidente da Raizler Promocional.

Apesar das turbulências provocadas pela economia instável, as empresas devem preocupar-se com a fidelização de seus clientes, além de aumentar ou ainda manter sua participação em determinada fatia do mercado. Para conseguir essa façanha, muitas continuam apostando nas ações promocionais e vale todo tipo de brinde, dos maiores aos menores, como os tradicionais imãs de geladeira. Nessa disputa de mercado quem comemora são os fabricantes de brindes e as empresas de material promocional.

Os meses de janeiro e fevereiro são apontados como os meses mais críticos para o setor. Após esse período, os pedidos e a produção voltam ao normal. Apesar da crise, as empresas precisam marcar presença no mercado através de ações promocionais. Para enfrentar a redução de verba e não deixar o brinde de fora, muitas encontraram uma boa alternativa no artigo mais barato. Nesse momento, os tradicionais imãs ganham ainda mais espaço afinal, além do baixo custo, também podem ser utilizados por empresas de diversos segmentos.

No início, os magnetos tinham um caráter de serviço, ou seja, eram colocados na geladeira para facilitar as ligações para pedir uma pizza ou mesmo para contatar a drogaria mais próxima. Com o tempo, eles foram ganhando mais espaço, mais destaque nas portas das geladeiras e, com isso, muitas outras utilidades. As geladeiras foram invadidas por modelos como calendários, com peças sobrepostas e até na versão colecionáveis, que viraram atração entre o público infantil.

Apesar do fator preço influir bastante no momento da escolha, outro ponto que é decisivo para o profissional deste segmento é a inovação, a criação constante de peças originais e diferenciadas. “As empresas de brindes que se destacam no meio promocional são aquelas que enxergam as oportunidades de mercado e trazem em seus portfólios novidades e soluções em produtos”, define Raizler.

Segundo a Fermag, empresa fabricante da matéria-prima manta magnética, a produção do artigo em 2001 atingiu aproximadamente cerca de 1.200.000 metros, um número que pode ser dobrado até o final de 2002. Tudo isso, porque o tradicional imã de geladeira já virou mania nacional. “Não consigo imaginar uma geladeira sem imãs, mas sim repleta deles, desde aquele com o telefone da drogaria mais próxima até o modelo colecionável, que as crianças tanto gostam”, comenta Raizler.

Por: Márcia Mariano

Deixe uma resposta