Mitos Sobre Consultoria

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×

O mercado vive em busca de melhores resultados e, na medida em que vai se segmentando, as empresas cada vez mais recorrem aos serviços de consultoria.
Não somente pelas dificuldades impostas pelo excesso de concorrência em alguns setores, mas pela necessidade de estruturação e planejamento para torná-las mais competitivas. Na Europa, a atividade de consultoria está se tornando um dos setores mais dinâmicos da atualidade, em razão das estruturas organizacionais estarem mais enxutas e trabalhando cada vez mais com o foco em resultados.
No Brasil, muita coisa se fala a respeito de consultoria, mas na verdade pouco se sabe sobre ela e o que se deve esperar deste tipo de serviço.
A relação empresa-consultoria ainda não é bem compreendida e as empresas, muitas vezes, deixam de utilizar esta ferramenta interessante e de baixo custo por não saber como lidar com ela. Portanto, aqui vão algumas dicas importantes sobre o papel da consultoria nas empresas e como utilizar este serviço a seu favor: 1. Devo entregar tudo nas mãos dos consultores e esperar que eles resolvam tudo por mim? De forma alguma. Você deve fazer com que os consultores sejam seus aliados. Você é peça chave para o processo de mudança e deve sempre avaliar as soluções apresentadas, acompanhando todo o processo de trabalho da consultoria.

2. Mas eu não posso abrir o faturamento da empresa. “Nas minhas contas eles não mexem!” Não dá para contratar um serviço que tem como objetivo detectar as falhas e potencialidades da empresa se você quer ajudar mais ou menos, ou falar somente parte da verdade. Para que a consultoria apresente os resultados que você espera, é necessário ter transparência de ambas as partes.
3. Os consultores vão ficar na minha empresa por muito tempo como funcionários comuns? Os consultores são prestadores de serviços e não funcionários da empresa. Uma vez determinado o escopo de trabalho da consultoria, o tempo gasto deverá ser o suficiente para colocar em prática o planejamento aprovado anteriormente.
Não se engane querendo que os consultores permaneçam por mais tempo que o necessário, e nem permita que eles criem uma relação de dependência entre vocês.
4. Se eu falar para os funcionários sobre os consultores, eles vão achar que eu não tenho competência para administrar o meu próprio negócio… Muito pelo contrário. Seus funcionários vão te considerar um líder com visão de futuro que pretende crescer de forma mais segura.
5. A consultoria vai salvar a minha empresa de todos os problemas? Não é bem assim. O serviço de um consultor consiste em estudar os processos de trabalho da empresa, assim como aspectos relevantes de mercado e, com base nisto, apontar soluções para possíveis falhas que estejam ocorrendo em algumas etapas ou oportunidades que podem ser exploradas. Ele também deve orientá-lo quanto à expansão ou modernização do seu negócio através de um planejamento baseado nas suas expectativas. Fonte: Maria Paula Dias César – Consultora em Marketing

Deixe uma resposta