O “simples” trabalho em equipe

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×

Gerenciar uma equipe não é nada fácil. Imaginemos uma equipe formada por profissionais com características, ambições, crenças, objetivos pessoais e profissionais diferentes uns dos outros.

Utilizando esta característica de equipe, imaginemos a condução de um trabalho com o envolvimento de profissionais multidisciplinares, com prazo e exigência de cumprimento beirando a excelência. O que este líder deve fazer visando o atendimento minimizando possíveis acidentes de percurso?

Primeiramente, a figura do líder deve ser respeitada e conhecida por todos. O líder deve estipular áreas de atuação para cada profissional. Cada um deve ter seu escopo definido e ter conhecimento do prazo fatal para entrega da parte que lhe compete.

Contudo, conforme dito anteriormente, uma equipe é composta por profissionais com diversas características. Desde os eficientes e competentes, até aqueles que também são competentes e um pouco atrasados.

Importante lembrar que, se você líder de uma equipe, mantém profissionais incompetentes, incompetente também serás.

O efetivo cumprimento de prazos deve ser respeitado, porém nem sempre é possível, devido a problemas de entendimento e de clareza do seu escopo, ou até mesmo por problemas de caráter pessoal. Neste momento, a figura do líder deve prevalecer. Acompanhar o desenvolvimento do trabalho pertinente a cada componente é uma característica que o líder deve ter. Mesmo que as obrigações do dia a dia não lhe permitam, o mesmo deve exigir estar atualizado constantemente sobre o andamento de cada procedimento, visando sempre o cumprimento do prazo e escopo.

Lembre-se, grupo é formado por pessoas sem um objetivo em comum. Uma equipe, visando fazer valer o nome de equipe, precisa ter pessoas/ profissionais com o mesmo objetivo em comum. O sucesso da equipe não depende só do líder, depende também do líder.

Fonte: Administradores

Deixe uma resposta