Os anúncios mais efetivos de 2010

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×

Estudo detecta quantas pessoas são afetadas e quantas tomam alguma ação. Confira algumas das peças
A campanha da Apple que apresentou o iPad foi um dos anúncios de revista mais efetivos do ano passado, ao lado de outras peças criadas para Kindle, para o “The Pacific”, da HBO, e para joalheria Bulgari.

A conclusão é do estudo Vista, um dos serviços que a Time Inc. e a Starcom MediaVest disseram que iriam lançar para provar a performance da publicidade em revista.
Pelo método, que é online, a Vista mede todos os anúncios em todas as edições das principais revistas. Dentre outros critérios, a empresa conta a lembrança sobre o anúncio, a associação à marca e ações que os leitores tomam como resultado. As campanhas, então, são ranqueadas de acordo com sua efetividade.
Confira alguns dos anúncios citados pelo Advertising Age:

Audi A8: a campanha atingiu 40 milhões de consumidores e 60% dos leitores disseram ter tomado alguma ação.
iPad: a peça apareceu em títulos variados (negócios, esportes, entretenimento e feminino) atingindo 174 milhões de consumidores, sendo que 63% tomaram alguma ação.

Kindle: campanha atingiu 761 milhões de consumidores, sendo que 57% deles tomaram alguma ação.

Bvulgari: a ação chegou a 90 milhões de consumidores e 44% deles tomaram iniciativas por conta dela.

Pantene: campanha apareceu em revistas femininas, gerando audiência de 105 milhões, com 65% dos consumidores tomando alguma ação.

Calvin Klein: apareceu em revistas segmentadas, gerando audiência de 9 milhões e com 64% deles tomando alguma iniciativa.

iPhone: veiculada em revistas de viagens, esportes, entretenimento e negócios, gerou audiência de quase 282 millhões, com 52% de consumidores tomando alguma ação.

Fonte: M&M Online

Deixe uma resposta