A vida como ela é: Marketing Jurídico

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×

Você faz marketing jurídico no seu escritório? Nem sabe o que é marketing ou marketing jurídico? Já ouviu falar em planejamento estratégico? Não?

Tá fu… e mal pago então.

Você não pensa no seu negócio? Você não quer crescer?

Acha que ficar com a bunda na cadeira vai fazer os clientes te procurarem???

Acorda!

O mundo é feito para as pessoas que pensam! O resto, é boi de piranha, massa de manobra! Ou se faz pelo menos o básico para se desenvolver ou vai ser mais um no mercado e melhor procurar concursinho público, pois a advocacia, com A maiúsculo não serve para pessoas como você.

E o que é o básico?

Fazer o seu planejamento estratégico. Como?

1. Analise seus produtos (tipos de ações e possibilidades de negócio) para ofertar a clientes;

2. Pense em quem você conhece que pode se interessar por estes produtos;

3. Trace um plano de ação para abordar e ofertar estes produtos/negócios ao público alvo;

Lógico, ululante, diáfano que não é somente estes três itens que irão fazer o sucesso! Este é o básico.

Outras dicas básicas:

1. Esteja presente na vida das pessoas não apenas por interesse, mas também para apoia-las/ajudá-las.

2. Não existe almoço grátis. Pense sempre em relações ganha-ganha, pois onde só um ganha o outro está sendo usado.

3. Seja ativo em redes sociais e exercite seus contatos por este meio também.

Quer mais que isto?

Primeiro: Faça o que já foi descrito. Depois, poderá evoluir além disto.

Posso garantir que estas duas primeiras etapas já surtem efeito e mais, não são tão simples de serem feitas.

Enfim,

+ Qual o grande segredo do marketing jurídico?

Relacionamentos.

+ Como fazer para desenvolver o marketing jurídico?

Com produtos, planejamento estratégico e planos de ação.

+ Como ele pode dar certo?

Com foco, pessoas certas e público alvo bem definido.

+ Estou mais perdido que cachorro em tiroteio, o que fazer?

Procure ajuda especializada (fazendo meu jabá: estou aqui, entre em contato!) e busque conhecimento prático (mais um jabá: nosso curso de marketing prático em Porto Alegre: http://priorita.com.br/curso.php?id=137)

E, por derradeiro:

Se você quer crescer no mercado, crie relacionamentos. Quer ser empregado qualificado, crie relacionamentos.

Agora, não gosta de relacionamentos, tem medo de pessoas?

Troque de profissão, quem sabe vá para a informática, onde a regra é lidar com computadores. Computadores são dóceis e só fazem o que o programador manda ele fazer… Agora na advocacia, ou se tem jogo de cintura, visão de mercado e negociação ou não temos clientes. E pior: O cliente nunca ou quase nunca quer fazer o que orientamos ele a fazer.

#Ficaadica #MarketingJurídicoPrático

______________________________________________

Artigo escrito por Gustavo Rocha – Sócio da Consultoria GestaoAdvBr

Fonte: Administradores.com

Deixe uma resposta