As fortes marcas utilizam-se de logomarcas simples e um incessante trabalho de marketing

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×

As marcas não nascem fortes e conhecidas, precisam ser construídas, razão pela qual há um incessante trabalho de marketing direcionado a elas.

A marca tem a função de representar uma identidade comercial, construindo a imagem da empresa junto ao mercado e à mente dos consumidores. Estes, por sua vez, agregam valores afetivos aos produtos influenciados pelo poder de determinada marca. Ela deve ser vista não apenas como um nome, mas como um grande patrimônio da empresa.

A maioria das marcas conhecidas mundialmente começaram pequenas, foram crescendo gradativamente e chegaram ao topo. Para chegar ao ápice de uma marca, tornando-a conhecida e poderosa, grandes investimentos e eficazes estratégias de marketing são fundamentais.

As ações de marketing mais utilizadas na construção de marcas fortes e duradouras incluem, publicidade bem elaborada, endomarketing, a identidade corporativa e visual, as promoções e merchandising, ações de responsabilidade social e o relacionamento com a imprensa.

Alguns elementos externos, como as ações dos concorrentes, as circunstâncias econômicas e a alteração de comportamento dos consumidores, também influenciam na força que uma marca terá em determinado momento.

Na última Copa, a Adidas fez uma ação de marketing nas redes sociais para popularizar sua bola. O gerente de marketing da Adidas no Brasil, Paulo Ziliotto, relata que 50% da verba foi para ações na internet: "Essa foi a primeira Copa em que Twitter e Facebook tiveram relevância. Isso fez com que as informações se espalhassem muito mais rápido".

As grandes marcas utilizam-se de logomarcas simples, sem muitos detalhes, como por exemplo, a Coca-Cola, Nike, Adidas, entre outras. É curioso ainda saber por que essas marcas com tanto poder utilizam símbolos sem muitos incrementos.
Dados publicados pelo SEBRAE, apontam que uma marca deve ser simples, a intenção é facilitar a associação do produto à logomarca, por isso quanto mais simples ela for, mais facilidade os clientes terão em gravá-la. A marca tem que estar associada a algo de positivo.

Marcos Hiller, especialista em marketing e professor de cursos de MBA, descreve a importância do branding, o gerenciamento da marca. Segundo ele, as marcas não são apenas símbolos, mas sim uma conexão com os consumidores.

A marca é fundamental para estabelecer laços entre empresa e cliente. Quando um consumidor faz a opção por um produto ou serviço demonstra que está satisfeito e é por esta marca que ele é capaz de pagar mais caro ou dar a preferência em um negócio.

Por Renata Carvalho – Grupo Bríndice

Deixe uma resposta