Especialista aponta a eficácia do neuromarketing para a publicidade

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×

Apesar dos custos para a comunicação corporativa serem altos, os resultados do neuromarketing são assertivos. De acordo com Cesar Pancinha, especialista e diretor da CAPC Consultoria, a estratégia seria a a maneira mais eficaz de medir resultados na publicidade.

Um case conhecido na aplicação do neuromarketing é o da marca de automóveis Daimler Chrysler. Com a técnica, a empresa descobriu qual é a sensação que os seus carros desportivos provocavam em quem os conduzia. Ao contrário do que os condutores afirmavam, no lugar de “excitação” ou “alegria”, a experimentação ao volante era de “poder”.

Cesar explica que, neste caso, os retratos cerebrais revelaram que imagens de carros desportivos, como as marcas Porsche ou Ferrari, provocavam sensações de prazer e que este tipo de carros preenche uma necessidade indireta: a da vaidade.

O neuromarketing no segmento automotivo permite escanear o cérebro de um consumidor cobaia, usualmente pela Ressonância Magnética, para saber que tipo de relação as pessoas têm com um novo veículo – mais emotiva ou racional. “Essas informações podem orientar campanhas publicitárias e estratégias de marketing mais eficazes”, mostra o consultor Cesar Pancinha.

Ainda, as pesquisas servem de referência no desenvolvimento de futuros produtos. “No momento em que as empresas souberem, com rigor científico, como criar mercadorias que despertem o desejo de consumo no ser humano, a garantia de retorno será total”, conclui.

Fonte: Administradores.com

Deixe uma resposta