Estratégia focada nos colaboradores

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×

Conjunto de ferramentas capazes de promover o contínuo aperfeiçoamento dos conhecimentos, habilidades e atitudes dos colaboradores das empresas, a gestão por competências vem ganhando cada vez mais espaço pelos ganhos que traz aos negócios. "As empresas tem despertado para a necessidade de canalizar seus esforços para o desenvolvimento dos colaboradores, o que no fim das contas, é seu maior patrimônio", comenta Márcia Luz, sócia-presidente da Plenitude Soluções Empresariais e coach. Ela explica que a metodologia permite às empresas trabalharem com foco, direção, descobrindo os verdadeiros potenciais e gaps de desempenho. Em entrevista exclusiva ao portal Callcenter.inf.br, ela explica como implementar e os cuidados que se deve ter.

Quais são os passos para a implementação?

1. Sensibilização a começar pelos níveis de gestão mas passando por todos os colaboradores da empresa

2. Definir as competências organizacionais

3. Definir as competências de cada função

4. Identificar as competências dos colaboradores

5. Desenvolver os colaboradores reforçando as competências já presentes e instalando as que ainda não existem

6. Acompanhar a evolução das competências na empresa

De que forma isso deve ser feito?

A coordenação das tarefas pelo ser feita por um profissional de RH, sempre com total aval da diretoria e buscando construir o trabalho da forma mais participativa possível em todos os níveis da organização.

Quais os cuidados que se deve ter na sua adoção?

Todo processo precisa ser muito transparente para que as pessoas percebam que não serão prejudicas. Ao contrário, saberão que conhecimentos, habilidades e atitudes precisam desenvolver se quiserem crescer na empresa. Além disso, o desafio é descobrir onde a empresa está hoje, onde pretende chegar e qual o grau de preparo de seus colaboradores para atingir esse objetivo.

É importante ressaltar que gerir competências sem que os líderes estejam prontos para trabalhar com o grupo de maneira respeitosa e apoiadora é preparar colaboradores para a concorrência, pois pessoas qualificadas são capazes de escolher oportunidades no mercado de trabalho, que hoje está super aquecido, e não se sujeitarão a gestores despreparados e sem a menor capacidade de lidar com gente. Precisamos de líderes coachs transformadores para conduzir equipes de alta performance.

Ela é indicada para empresas de qualquer porte e segmento?

Com certeza. Na realidade estamos falando de definir onde a empresa quer chegar, qual a situação atual dos colaboradores que ela dispõe, e qual a distância entre esses dois parâmetros, para que o caminho possa ser encurtado.

Fonte: ClienteSA

Deixe uma resposta