Jovem para sempre: já pensou?

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×

Nos próximos 20 ou 30 anos, uma sucessão de tratamentos e medicamentos deverão reduzir em muito as doenças e retardar o envelhecimento. Obviamente, isso significa vida longa para a maioria de nós. Já pensou viver até os 150 anos, jovial e gozando de muita saúde?

Segundo um estudo do Dr. Steven Austad, gerontologista (ciência que investiga as experiências de velhice e envelhecimento em diferentes contextos socioculturais e históricos), isso será possível sim. Mas se todos pudessem viver mais, o que faríamos com estes “anos extras”? Como aproveitaríamos esse tempo? Como, onde e com quem passaríamos estes próximos anos? Em que tipo de empresas poder-se-ia trabalhar?

Entretanto, para responder a estas e outras questões é preciso saber como se vive hoje, se a maneira com que tratamos o nosso corpo, mente, relações e emoções contribuem para um futuro feliz. Há, e não falamos dos recursos de estética, não foi mesmo?

Em termos de carreira seria importante fazer uma pausa para analisar o que nos espera. Será que estamos prontos para gerenciar nossas carreiras e nos mantermos competitivos por mais tempo? Ficaremos trocando de emprego, de seis em seis meses, como acontece com muitos jovens nos dias atuais?

O que poderíamos extrair dessa série de questões levantadas sobre velhice e juventude? A principio a notícia é boa, afinal quem não quer viver mais e melhor. No entanto, embora tudo isso em breve seja uma realidade é preciso viver uma vida virtuosa.

Você, hoje, vive uma vida virtuosa?

Quando obtiver a resposta estará pronto para desenhar o futuro e plantar novas sementes para o seu sucesso pessoal e profissional.

Mas lembre-se: O que você é hoje é o resultado de suas escolhas no passado e, o seu futuro começa com as escolhas que fizer agora.

Como disse Martinho Lutero – “Quem não for belo aos vinte anos, forte aos trinta, esperto aos quarenta e rico aos cinquenta, não pode esperar ser tudo isso depois.”

Pense nisso!

Fonte: Administradores

Deixe uma resposta