Magazine Luiza é o novo patrocinador da transmissão da Copa do Mundo pela Rede Globo

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×

O Magazine Luiza é o novo patrocinador da transmissão da Copa do Mundo pela Rede Globo. A empresa entra para o rol das grandes marcas nacionais ao associar-se ao evento mais importante do Brasil em 2014. "Se futebol é felicidade nacional, o Magazine Luiza tem de estar lá", diz Frederico Trajano, diretor-executivo de operações do Magazine Luiza. "O futebol é um esporte democrático, que agrada a toda família e que tem valores que a marca compartilha como paixão, garra e respeito", continua. Ao assinar o acordo, o Magazine Luiza torna-se um dos oito patrocinadores oficiais da Copa do Mundo na Rede Globo, emissora presente em 98% dos domicílios brasileiros. A compra da cota de transmissão deve aumentar significativamente a visibilidade da marca junto à população brasileira, tornando-a ainda mais forte e competitiva no mercado.

O fato de a Copa 2014 ser no Brasil torna a iniciativa ainda mais estratégica. De acordo com o Ministério do Esporte, estima-se que os impactos econômicos diretos e indiretos resultantes da Copa do Mundo de 2014 podem chegar a aproximadamente R$ 183 bilhões. "Todos os olhos estarão voltados para o evento, não só dos brasileiros, mas de todo o mundo. Ao patrocinar a Copa, o Magazine Luiza mais uma vez reforça que acredita no Brasil. Somos uma empresa que tem muito orgulho de ser brasileira", afirma Luiza Helena Trajano, presidente do Magazine Luiza.

Os reflexos da Copa no setor de eletroeletrônicos também são muito otimistas. O mercado espera a venda de aproximadamente 14 milhões de televisores. As tão desejadas telas finas devem gerar um incremento de 40% na venda. "Os consumidores aproveitam a época de Copa para dar um upgrade nos seus aparelhos e nós estamos preparados para entregar o que eles querem", diz Frederico Trajano. Se depender da visibilidade da marca na mídia, com certeza os resultados serão muito positivos.

Fonte: Cidade Marketing

Deixe uma resposta