Multitarefa – O profissional da vez!

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×

Na década de 60 um pesquisador foi até a National Aeronautics and Space Administration (NASA) e entrevistou seus funcionários. Curioso foi ao perguntar a uma faxineira; “O que você faz aqui na NASA?”, e ela respondeu: ” Eu estou ajudando a levar o homem a lua!”. Imagine a cerca de 50 anos atrás um profissional pensar desta forma. Agora explique, por que para alguns profissionais da atualidade este pensamento não foi alcançado? Como pensar e agir de maneira pro ativa? O que a empresa em que você trabalha espera de você( profissional), para reconhecer seu valor?O profissional multitarefa precisa entrar em ação, desperte se para o momento.Atualmente as empresas buscam profissionais multirarefas, ou seja, “chupa a cana, assobia e escovas os dentes”.

O exemplo citado acima demonstra o nível de comprometimento de um colaborador com os objetivos da empresa. Se pensarmos no nosso cotidiano, todos temos participação direta nos resultados que nossa empresa alcança. O mercado de trabalho está cada vez mais exigente em suas classificações. Pessoas que não tem o pensamento na coletividade e no crescimento contínuo estão ficando para trás. Isto por que as empresas estão reduzindo seus quadros e alocando pessoas que tem foco nas atividades ou seja, pessoas têm o perfil multitarefa.

Esta coluna veio a mente quando vivenciei uma situação durante minhas férias. Fui a uma loja de grande porte da capital mineira e tive a oportunidade de conhecer dois tipos de profissionais. Entre o período em que entrei na loja até o tempo em que fui pagar e aguardava receber o produto observei e pesquisei cada destes profissionais. Ao chegar a loja fui recebido por uma jovem, afoita e inquieta que após 3 perguntas precisas sobre o produtos, logo desistiu do atendimento e me passou para um rapaz. O rapaz, João Marcelo, cumprimentou a mim e minha esposa sorrindo e contou que foi recentemente contratado para atuar como vendedor, pois era do setor de entregas da empresa.

Ao passo que, Ana Júlia, vendedora experiente está na empresa há 3 anos e ficava de longe olhando de rabo de olho. Depois, no caixa soube que ela critica o novo funcionário, por que ele demora demais se preocupa em explicar as funcionalidades do produto e em passar todo o procedimento de pós venda a seus clientes e a atendente ainda comentou que fica abismada como ele tem paciência para colher todas as informações solicitadas no cadastro de clientes. Somente nesta hora entendi por que ela olhava tanto. Percebi realmente, ele consegue explicar detalhadamente todos os processos de assistência técnica e resolução de problemas.

Enquanto João Marcelo finalizava o meu atendimento, a Ana Júlia já tinha atendido 3 clientes e possivelmente deve ter fechado as vendas. Notei que João Marcelo conseguiu fazer todo o processo de vendas atendendo os requisitos imprescindíveis que no futuro bem próximo ele não terá problemas, mas conquistou um cliente pela simpatia. Já, a jovem Ana Júlia, não fez um atendimento cordial, preparou o pós venda, nem explicou os processos de assistência técnica aos clientes que ela atendeu. No momento em que estava na expedição vi que a jovem não parava de andar e atender o celular isto por que os atendidos ligam para perguntar algo ou voltam a loja para falar de algum problema ocorrido. Sem dúvida ela esta perdendo tempo de venda para resolver problemas. Qual funcionário atendeu melhor os objetivos da empresa? Pude entender uma coisa com tudo isto; Ser multitarefa não significa abraçar o mundo e sim fazer com eficiência o trabalho que lhe foi proposto.

O profissional multitarefa possui um apurado senso de produtividade objetiva. E ele desenvolve algumas características como atencioso e criativo. Sabe ouvir mais do que falar. Compreende a necessidade do ambiente e entrega a resposta além das que lhe foram solicitadas. Pensa, analisa e executa ações que valorizarão sua participação na empresa projetando seu crescimento pessoal e profissional sem se importar com recompensas imediatas. Este tipo de profissional motiva se a todo instante retirando inspiração das dificuldades para superar obstáculos e motivando o ambiente em que se relaciona.

Agora vamos a 5 dicas para desenvolver seu senso de produtividade objetiva:

1)_Monitore as atividade que você é responsável diariamente e entenda os processos corretos como cada uma delas é executada.

2)_Use sua criatividade e desenvolva um método simples para cumprir o processo.

3)_Sorria sinceramente. Sorrir certamente alivia os fardos e conquista pessoas.

4)_Ouça a todos e afirme somente o que tem certeza. Não existe em perguntar, caso tenha dúvidas.

5)_Cultive uma comunicação clara e objetiva e esteja atento a todas as informações que circulam ao seu derredor.

Existe no mercado dois tipos de profissionais, os amadores que esperam sempre que as coisas aconteçam e os profissionais de sucesso que trabalham e fazem as coisas acontecerem, ou seja, são proativos. Como você deseja ser visto e quisto no mercado?

Pense nisto, vamos pensar juntos!

Fonte: Administradores

Deixe uma resposta