Preocupação com privacidade pode ser uma boa chance para conquista de fãs

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×

Com a proliferação de notícias (reais e fakes) sobre os cuidados com a privacidade nas redes sociais, muitas pessoas estão deixando de postar suas opiniões com medo de “teorias conspiratórias” relativas ao Facebook.

Infelizmente, não há muito equilíbrio na rede de Zuckerberg. Ou se posta sobre cada detalhe íntimo ou o silêncio impera devido ao medo do desconhecido. São poucos os que procuram averiguar o que realmente é verdade.

Na verdade, tudo é mais simples do que se imagina. O controle de cada usuário em relação aos seus posts está em suas próprias mãos. É só acessar a parte de configurações de privacidade e tornar sua timeline personalizada (esta é minha dica particular). Preocupar-se é sinal de sensatez, mas há limites para isso…

De toda forma, acredito que este seja o momento para as empresas brasileiras apostarem ainda mais no conteúdo de seus posts e na interação. Ou seja, os usuários estão em uma fase extremamente propícia para compartilhar! O número de likes nas postagens das companhias está crescendo. Isto é, as pessoas não saíram da rede. Elas permanecem no Facebook e continuam curiosas, em busca de novidades.

Sua empresa pode se valer desse momento investindo em mais conteúdo e mostrando ao usuário que é uma fonte confiável de informação na área de interesse dele. Ser uma referência pode ser algo muito valioso em tempos de informações falsas ou piadas de mal gosto feitas por quem quer se aproveitar da “anonimidade” da internet.

Se você anda sem ideias, acha que sua Fan Page está parada, aproveite agora para ativar seu departamento de marketing. Além disso, não se esqueça, é claro, de se focar no planejamento estratégico e produzir posts mais interessantes. Caso seja necessário, mude sua equipe. Criatividade já! Se tudo ocorrer desta forma, não se assuste se o número de shares aumentar consideravelmente, assim como o de fãs e, consequentemente, o de vendas.

Esta é uma grande tendência, pessoal.

Fonte: www.pontomarketing.com

Deixe uma resposta