Ser pessimista dá muito trabalho

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×

Constantemente, converso com pessoas que estão infelizes em algum aspecto de suas vidas. Seja no relacionamento familiar/amoroso, no trabalho, com a profissão que escolheu, com o país onde vive…Enfim, os motivos são os mais diversos. O fato é que existe algo incomoda, que tira a paz e muitas vezes, ofusca a nossa missão: viver a partir de nossas próprias escolhas. Até mesmo os acomodados, eles escolheram não fazer nada! Simples assim.

Viver é escolher! O tempo inteiro, consciente ou inconscientemente, estamos fazendo escolhas. Vamos fazer um teste? Você programa o despertador para tocar às 06:00 da manhã, pois às 08:00 você tem que estar na empresa onde trabalha, quando ele toca, subjetivamente, ele está dizendo: hora de levantar, o trabalho te chama. Logo, você decide sair da cama ou continuar nela. Seja qual for à razão que leve você a trabalhar, naquele momento, a ação a ser realizada é fruto da sua decisão, portanto, processo de escolha em xeque.

Infelizmente, a maioria das pessoas tem o hábito de culpar alguém por algo que não está bem. Exemplos?

1- A política no Brasil é uma vergonha! Os políticos não defendem os direitos do povo! (Concordo) Mas quem elegeu os políticos? A maioria dos eleitores brasileiros.

2- A empresa que eu trabalho não me valoriza! Sério? E por que você mesmo não faz isso? Só existe uma empresa para se trabalhar? Será que não passou da hora de você fazer novas escolhas? Enxergar novas possibilidades?

3- Meus professores não ensinam nada! E por que você não busca o conhecimento de outras formas?

Caros leitores, o que quero mostrar com esses exemplos é que em tudo na vida existem várias e inúmeras possibilidades, e escolher é indispensável.

Entretanto, muitos resistem a assumir a função “eu sou o único responsável pelas minhas escolhas” e inconscientemente, optam em viver reclamando, pois é mais fácil e confortável para o ego, colocar a culpa em algo ou alguém pelas coisas não estarem muito bem. Mas isso não é tudo. Depois do status “ mais uma vítima do sistema”, ainda tem a cultura pessimista (nada para mim dá certo, isso nunca vai mudar, a política no Brasil nunca será democrática de verdade, meu marido nunca irá mudar, minha vida não tem jeito…). Triste notícia: tudo isso é verdade! Sabe porquê? Porque você já desacreditou do poder de fazer escolhas, em sair da zona de conforto, de recomeçar, de se reinventar, quebrar paradigmas! Tudo começa a partir do pensamento. Quer ver? Experimente tomar uma decisão no calor da emoção (se imagine com muita raiva ou decepcionado com algo ou alguém).

Pensamento negativo à Sentimento negativo à Ação negativa

Aí você respira, o humor se acalma, repensa e possivelmente, consegue perceber outra possibilidade de escolha, que com certeza será mais assertiva. Faz sentido para você?

Aonde eu quero chegar? Quero te dizer que: ser pessimista dá muito trabalho e nos priva de vivermos em paz consigo e com os outros, além de propiciar uma perca incrível de tempo para buscar novas soluções. Pessoas pessimistas geralmente, são: "reclamonas", desagradáveis, baixo astral e por que não dizer insuportáveis. Que o mundo não é perfeito, todo mundo sabe, mas nem por isso nós devemos deixar de enxergar o lado bom dos acontecimentos, pois tudo na vida é aprendizado e é necessário inclusive, aprender com as escolhas erradas que fizemos.Tudo isso faz parte!

“A vida é a soma das suas escolhas.” (Albert Camus)

Talvez você ainda não tenha tomado essa consciência, mas somos autores e protagonistas de nossas histórias. Nunca se esqueça disso!

Fonte: Administradores

Deixe uma resposta