Varejo nacional registra quedas em junho comparado a maio

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×

Apenas móveis, eletrônicos e informática cresceram durante o período

O varejo nacional cresceu 0,1% em junho, em relação a maio deste ano, segundo o Indicador Serasa Experian de Atividade do Comércio. O resultado foi puxado principalmente pela alta de 1,5% do segmento de móveis, eletroeletrônicos e informática, devido ao efeito “Copa do Mundo”, que aumentou a procura dos consumidores por aparelhos de televisão.

Todos os demais setores varejistas, no entanto, registraram recuo durante o mês. As principais quedas foram acusadas pelos segmentos de material de construção (-4,2%) e veículos, motos e peças (-4,1%). Também em junho foram observadas quedas nos segmentos de tecidos, vestuários e calçados (-2,1%), combustíveis e lubrificantes (-1,1%) e supermercados, hipermercados, alimentos e bebidas (-0,2%).

Em relação a junho de 2009, houve alta de 9,2% impulsionada pelo segmento de móveis, eletroeletrônicos e informática (14,2%) e pelo de material de construção (13,5%). Desde outubro de 2009, a taxa anual de crescimento do varejo nacional não fica abaixo de 10%. Já o acumulado do primeiro semestre de 2010 teve alta de 10,7%, liderada por veículos, motos e peças (18,7%), móveis, eletroeletrônicos e informática (18,1%) e material de construção (16,6%). Apenas o setor de combustíveis e lubrificantes apresentou queda no período (0,8%).

Por Sylvia de Sá

Fonte: Mundo do Marketing

Deixe uma resposta