Você encara uma dinâmica em grupo?

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×

Usada pela maioria das empresas como uma etapa da seleção de candidatos, ou para o desenvolvimento de equipes, a dinâmica em grupo ainda hoje faz tremer algumas pessoas (principalmente as mais tímidas e/ou inseguras).

No processo seletivo tem como principal objetivo identificar as competências do candidato (principalmente as comportamentais), que devem se aproximar ao máximo às qualificações exigidas pelo cargo. A fim de deixar o profissional mais à vontade (e facilitar a análise de perfil, caso seja um processo seletivo), é feita inicialmente a etapa de apresentação. A depender do tipo de vaga a ser oferecida, há diversos tipos de dinâmica de apresentação, que vão desde o modelo individual ao que utiliza imagens, cartolina e outros materiais para fazer a auto-apresentação e a apresentação dos pares.

Após esta fase de “quebra de gelo”, o candidato está mais tranquilo para interagir com os outros participantes e demonstrar suas verdadeiras aptidões, as quais devem ser mais próximas possíveis de acordo com a vaga a ser preenchida, em se tratando de processo seletivo. Para o desenvolvimento de equipes esta também é uma etapa importante, visto que muitas vezes os profissionais só conhecem os seus companheiros de trabalho pelo nome, não sabendo um pouco mais sobre sua personalidade, algo que facilitaria o relacionamento interpessoal e a comunicação.

Há diversos tipos de dinâmicas que são usadas tanto na seleção de pessoas, quanto no desenvolvimento de equipes; mas o objetivo de ambos os processos deve ser previamente definido antes da aplicação das dinâmicas: no processo seletivo, qual o tipo de dinâmica mais exigirá do candidato a execução de competências similares às exigidas pela vaga oferecida? No desenvolvimento de equipes, qual a mensagem principal a ser compartilhada com os participantes: trabalho em equipe, gerenciamento de conflitos, trabalho sob pressão?

Mais importante do que o participante ficar se preocupando em que será avaliado, ou o tipo de atividades a que estará exposto, é o profissional praticar o exercício do Autoconhecimento. É interessante enfatizar que ninguém é reprovado na dinâmica em grupo do processo seletivo, somente é identificado uma não compatibilidade das competências do candidato com o perfil da vaga a ser preenchida. Existe a possibilidade de o candidato ter as qualificações exigidas pela função, contudo deixar-se intimidar pela ansiedade e pelo nervosismo do processo de avaliação; algo que o levaria a um desempenho inferior na prática das atividades realizadas, e consequentemente um prejuízo na percepção das suas reais capacidades.

Participe sempre de eventos que possibilitem o exercício do autoconhecimento e proporcionem o exercício de integração por meio de dinâmicas em grupo. Desta forma você estará mais preparado a mostrar todo o seu potencial nos processos seletivos em que participar, além de estar sempre à frente em uma oportunidade de promoção na empresa ou crescimento profissional

Sucesso e Desenvolva-se.

Fonte: Administradores

Deixe uma resposta