Brechó EcoSolidário incentiva reciclar a moda

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×

Em 2010, Jill Fehrenbacher, a fundadora de um dos sites mais famosos de inovação e ecodesign, o Inhabitat, defendeu os brechós como uma das cinco áreas tendência no mercado sustentável.

Esta visão ecológica e empreendedora faz parte da vida de alguns baianos desde 2006, quando estudantes elaboraram o Brechó EcoSolidário, encontro que em 2010 se tornou a expressão brasileira da iniciativa Dialogues en Humanité, realizada em Lyon na França, a partir de 2002.
A ideia dos organizadores franceses é buscar parcerias com eventos afins em outras cidades do mundo. Além de Salvador, Berlim (Alemanha), Bangalore (India) e Riad (Marrocos) também são parceiros da ação europeia.

Depois de sete anos de realização, o evento cresceu tanto que ganhou mais de 200 voluntários e, para ser uma realidade em 2013, pede a colaboração de internautas para a organização do brechó pelo endereço Catarse.me.

Segundos os organizadores, a quantia arrecadada será destinada para a compra de lonas para cobrir as barracas e contratação de pessoas qualificadas para garantir a segurança dos participantes na ação sustentável.

Ainda de acordo com os responsáveis, os principais objetivos do brechó são: a conscientização sobre os efeitos do consumo para as mudanças climáticas atuais, e o incentivo para que os participantes repensem e transformem seu consumo, buscando evitar desperdícios, priorizando produtos mais saudáveis e cuja produção seja sustentável, social e ambientalmente correta.

O evento, que está previsto para os dias 26 e 27/10, no Parque da Cidade, em Salvador (BA), é anual e possui um mercado de produtos oriundos de cooperativas, atividades de caráter cultural (apresentações de música e dança), ações formativas (oficinas de educação ambiental e permacultura) e de saúde integral (aulas de ioga, biodança, massagens, reiki).

Fonte: Promoview

Deixe uma resposta