Brinde: o grande aliado da sua empresa

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×

Ele pode e deve ser utilizado em várias ocasiões, desde agradecimento até ações solidárias

Há alguns anos, os departamentos de marketing de empresas de diversos setores já perceberam que investir em brindes pode ser um bom negócio. Ele pode e deve ser utilizado em várias situações, como para: reforçar a imagem institucional de uma empresa, divulgar modificações e promoções, avisar sobre lançamentos de novas linhas ou apenas para permitir que a empresa não seja esquecida.

Mas o brinde não deve ser utilizado somente para o público-alvo direto da empresa, afinal ele pode reforçar a boa imagem junto ao público formador de opinião, como imprensa e até mesmo para os fornecedores. Outro importante conselho que deve ser lembrado quando o assunto é “Brinde”, diz respeito à sua distribuição. Já faz tempo que o Brinde deixou de ser entregue apenas em datas comemorativas ou eventos de final de ano. Sua distribuição não pode e nem deve ficar restrita apenas às datas tradicionais. O brinde deve ser distribuído ao longo do ano, permitindo, assim, que a empresa mantenha-se sempre em evidência e na lembrança de seus clientes, parceiros e fornecedores.

Após descobrir essa importante ferramenta, muitas empresas já adotaram o “Brinde” como um artigo indispensável em seus cronogramas anuais, independente da ocasião. Um desses exemplos é a estratégia adotada pelo Banco DaimlerChrysler, banco oficial da Mercedes-Benz do Brasil, que utiliza os brindes ao longo do ano com o objetivo de trabalhar o relacionamento com a Rede de Concessionários Mercedes-Benz em todo o País.
“Nós produzimos brindes chamados de combate, para o relacionamento do dia-a-dia com vendedores e clientes do varejo. Trabalhamos, também, brindes diferenciados chamados de vip´s, para ocasiões especiais. No final do ano, tradicionalmente, são distribuídos brindes pelos escritórios regionais para os concessionários parceiros”, revela José Licciardi, gerente de Marketing e Comunicação do Banco DaimlerChrysler.

A Mizuno é outra empresa que também incorporou o brinde às suas estratégias de marketing. A empresa distribui o artigo com o objetivo de atingir diversos públicos, por isso realiza, anualmente, logo nos primeiros meses, uma grande compra de brindes, com valores que variam de R$ 0,50 à R$ 25,00. “Normalmente, trabalhamos com dois tipos de brindes, um para ações de incentivo e eventos gerais, e outro para ações diferenciadas dirigidas a vários públicos, como consumidor final, atleta e imprensa”, explica Carla Moreira Lima, gerente de Serviços de Marketing da marca de artigos esportivos.

Outra empresa que aposta na utilização de brindes diferenciados para seus públicos é a FIC, distribuidora de derivados do petróleo. A empresa dispõe de brindes institucionais, como canetas, chaveiros e bonés, que são utilizados ao longo do ano em visita a clientes e fornecedores. Além deles, também investe nos brindes promocionais que são distribuídos para os clientes que abastecem seus veículos nos postos da rede. “Há um brinde diferente a cada mês. O cliente abastece acima de 30 litros e leva seu brinde na hora”, conta Adriana Horita, analista de marketing da empresa.

Brinde por uma boa causa

Uma outra forma freqüente do uso do brinde, que cresce a cada ano, é sua utilização em ações de agradecimento e estimulo às vendas, como é o caso da rede de drogarias Droga Raia. A empresa foi pioneira em Marketing de Relacionamento no seu segmento em 1988 com a criação dos cartões Raia Plus e Sênior, sem custo algum para o cliente. Hoje, são mais de 2,5 milhões de portadores dos cartões, que participam automaticamente de programas de incentivo, cujo prêmio é um brinde que varia em cada ação e muda conforme o grau de fidelidade. “Além dos brindes para nossos clientes, eventualmente utilizamos brindes para clientes empresariais ou para eventos institucionais e promoções que fazemos ou tomamos parte. Nesse caso, distribuímos brindes mais especiais e seletivos”, revela André Elias Gonçalves, gerente de marketing da Droga Raia.

E como é permitido apostar no brinde para diversas ocasiões, vale tudo, inclusive comemorar a expansão de shopping, como a realizada pelo ABC Plaza Shopping, em Santo André (SP), que distribuiu para a imprensa e fornecedores um cachepô com sementes, terra e kit de jardinagem. “Este brinde representava o crescimento do empreendimento”, explica Márcia Pacheco, gerente de marketing do shopping.
Também tem crescido a participação do Brinde em ações solidárias, uma forma nobre de defender uma boa causa e ainda marcar presença. A rede de drogarias Droga Raia, assim como a Mizuno, também aposta na solidariedade no momento de presentear seus clientes. O programa “De Mãos Dadas com a Raia”, permite que os clientes cadastrados acumulem pontos em suas compras. A cada 400 pontos acumulados, o cliente é convidado a indicar uma dentre 12 Instituições participantes para receber uma doação da rede. Sempre que realizada uma indicação, o cliente recebe gratuitamente um boneco “agarradinho” da Turma da Mônica, como lembrança da campanha.

A cada ano cresce a preocupação das empresas em utilizar o brinde como um artigo para marcar um momento especial. “O brinde deve ter algo em comum com o momento em que é entregue, assim, evento e brinde trabalham de forma casada para manter a marca na cabeça do cliente”, afirma Adriana Horita. Despertar emoções ao oferecer um brinde também ajuda a marcar o produto ou a empresa. “Trabalhamos com o conceito de oferecer brindes que, de uma forma ou de outra, criem um elo emocional com o cliente. No caso dos cd´s, oferecemos quatro opções diferentes, com sucessos de quatro décadas, exatamente para que o cliente possa escolher as músicas do período que lhe traz boas recordações”, conta André Elias Gonçalves. No caso da campanha De Mãos Dadas com a Raia, a empresa, ao oferecer um “agarradinho”, pretendia criar um elo emocional entre o cliente e a instituição filantrópica por ele escolhida.

Independente da ação ou situação, o brinde é uma poderosa ferramenta de marketing que, quando bem utilizada, permite que a marca fique presente na lembrança do seu público-alvo. E lembre-se, independente da ocasião, antes de escolher um brinde verifique se ele é capaz de transmitir a mensagem correta de sua empresa.

Por Priscilla Merlino – Grupo Bríndice

Fontes:

Adriana Horita – Analista de Marketing da FIC Distribuidora de Derivados de Petróleo Ltda
André Elias Gonçalves – Gerente de Marketing da Droga Raia
Carla Moreira Lima – Gerente de Serviços de Marketing da Mizuno
José Licciardi – Gerente de Marketing e Comunicação do Banco DaimlerChrysler
Márcia Pacheco – Gerente de Marketing do ABC Plaza Shopping

Deixe uma resposta