Marketing digital: A importância…

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×

A melhor explicação para uma conversão assistida que ouvi foi uma analogia com o segundo gol do Brasil na final da copa do mundo de 2002. O gol foi marcado aos 33 minutos do segundo tempo por Ronaldo. Porém, a jogada começou lá atrás, na defesa, com o zagueiro Roque Júnior, que cabeceou para Cafú, que tocou para Kléberson que, após carregar um pouco, finalmente tocou a bola e, após um belo corta-luz de Rivaldo, Ronaldo dominou e mandou para a rede.

Quem levou o mérito foi o atacante Ronaldo, mas se não fossem os outros jogadores, desde o início da jogada, o gol não teria saído. Então, embora o protagonista da história tenha sido aquele que concluiu, todos os outros elementos foram fundamentais para o resultado final.

No marketing digital acontece a mesma coisa. Os sites, e-commerces ou não, buscam a conversão, a realização máxima daquilo que se propõe e uma análise muito comum é entender de onde veio o usuário que converteu. Deste modo, os sites podem saber onde intensificar seus esforços: no canal que trouxe mais conversões.

Este canal normalmente é o Google, tanto por busca orgânica quanto por links patrocinados. E é o buscador que leva o mérito da maioria das conversões realizadas. Mas, ao estudar mais detalhadamente o fluxo, é possível notar uma situação muito interessante: o usuário que foi no Google, digitou o nome da empresa, entrou e converteu, já havia acessado o site em outros momentos. E estes acessos são oriundos dos mais diversos canais: redes sociais, mídias display, outras pesquisas no Google, e-mail marketing e até mesmo motivados pela mídia off-line.

Cada mídia teve o seu papel no processo de conversão e foi responsável por atuar junto ao usuário em determinado momento do ciclo de compra. Os canais anteriores ao último não foram os responsáveis pela conversão, mas deram assistência para que ela acontecesse, assim como os jogadores de futebol no exemplo acima. Isso é a conversão assistida.

E qual é a importância de cada canal destes no processo de aquisição de cliente? A resposta está no Modelo de Atribuição, que imputa a cada passo uma parcela de mérito naquela conversão, mas isso é assunto para outro texto.

Muitas vezes, campanhas que têm baixa conversão são cortadas e a conversão global do site diminui, pois as campanhas cortadas não eram responsáveis pela conversão final, mas eram responsáveis por dar assistência.

Todos os canais, juntos, são fundamentais para o site realizar melhor seu objetivo.

Fonte: www.pontomarketing.com

Deixe uma resposta