No Strezzz…

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×

Zerar o estresse da equipe pode trazer mais benefícios do que você imagina. Segundo pesquisa da consultoria Regus com mais de 16 mil profissionais em todo o mundo, 41% dos brasileiros sentiram que os níveis de estresse aumentaram em relação ao ano passado.

Apesar de ser menor que a média global, de 48%, o índice deve ser visto com atenção. De acordo com a Regus, a falta de infraestrutura interna para dar suporte ao crescimento do País e a contínua instabilidade da economia mundial contribuíram para essa pressão. Tanto que os principais gatilhos para elevar o estresse são de natureza profissional, como o trabalho, citado por 55% dos respondentes, as finanças, com 45%, e os clientes, com 38%.

"Trabalhadores estressados costumam ser infelizes e doentes. As empresas que desejam ajudar suas equipes a levar uma vida mais gratificante não podem deixar de analisar e combater os níveis elevados de estresse dentro de suas organizações", esclarece Guilherme Ribeiro, diretor-geral da Regus no Brasil.

Pensando justamente nisso, o Carrefour desenvolve diversos projetos com o objetivo de melhorar a qualidade de vida dos funcionários. Um deles é a semana na qual os colaboradores contam com serviços de medição de pressão, da taxa de colesterol e glicemia, entrevista com médicos e dicas posturais.

Em Campinas, interior de São Paulo, a loja Dom Pedro realiza ações que visam a integração, menor nível de estresse e incentivo à produtividade. Possui uma sala de jogos com mesa de pingue-pongue, sinuca e academia interna que funciona três vezes por semana com aulas ministradas por profissionais capacitados. A unidade também realiza ações pontuais, como a do Dia das Crianças, na qual os filhos dos funcionários podem passar o dia com os pais.
As campanhas podem ser realizadas por cada unidade da rede, com total autonomia da matriz brasileira, que fica em São Paulo. A empresa disponibiliza ainda inscrições gratuitas aos funcionários para os eventos esportivos que costuma patrocinar

O Pão de Açúcar também se dedica a manter seus colaboradores bem longe do estresse. Uma das ferramentas é a pesquisa de engajamento, que mede fatores de satisfação. Segundo Cristiane Lacerda, gerente de Planejamento e Desenvolvimento de Gente, ela é uma evolução da pesquisa de clima. "Não adianta medir a satisfação se não soubermos o quanto aquele colaborador está conectado com o propósito da empresa", esclarece. Com os resultados da pesquisa são realizadas ações pontuais.

Outra preocupação da companhia é com alimentação saudável e atividades físicas. Uma das iniciativas nesse sentido foi a criação de academias de ginástica, hoje presentes na sede administrativa e em diversos Centros de Distribuição nas cidades de São Paulo, Rio de Janeiro, Fortaleza e Brasília. "O cuidado com as pessoas sempre foi uma crença no Grupo Pão de Açúcar", pontua Cristiane.

Ações como essas não são exclusivas dos gigantes. O Lopes Supermercados, com 26 lojas no Estado de São Paulo, também trabalha para o bem-estar dos colaboradores. "Entendemos que a motivação parte de cada um. Por isso, buscamos estabelecer ações que contribuam para a equipe e a eficácia de seus trabalhos", explica Cristiane Andrade, gerente de Recursos Humanos da rede

A executiva conta ainda que a empresa mantém um canal de comunicação com os colaboradores, pelo qual compartilha ideias e sugestões, e também realiza pesquisas de clima. Com base nos resultados dessas duas ferramentas promove melhorias, como a sala de descanso e lazer. Trata-se de um espaço para o colaborador descansar e se integrar com os colegas, o que contribui para melhorar a qualidade de vida e a produtividade durante o expediente de trabalho. Hoje, 90% das lojas já possuem o benefício.

Empresa pequena cobra menos
Segundo a pesquisa da Regus, as causas de estresse mudam conforme o tamanho da empresa. Nas companhias menores, a cobrança dos gerentes é considerada fonte de estresse por apenas 21% dos entrevistados. Já nas empresas grandes, esse percentual sobe para 42%. Outra constatação do estudo é que 66% dos brasileiros, independente do porte da empresa, acreditam que uma maior flexibilidade nos horário de trabalho ajudaria a diminuir o problema – alternativa que, no varejo, se aplicaria apenas ao pessoal administrativo

Outra constatação da pesquisa da Regus é que os funcionários de pequenas empresas estão mais propensos ao estresse causado por clientes, com 41% das citações. Nas grandes, o percentual é de 33%. "Essa situação ocorre porque as empresas menores normalmente têm um número inferior de funcionários. Eles, por vezes, acumulam atividades além do atendimento direto ao cliente. E, por isso, deve-se ficar atento. Se essa situação não for bem dosada, pode gerar um grau Manter os colaboradores motivados é uma maneira de combater o problema. Veja o que fazer: Evite estresse na sua equipe maior de preocupação e o consequente estresse", pontua Guilherme Ribeiro, da Regus.

A alta carga de estresse se reflete diretamente nos negócios. O rendimento das equipes cai abaixo do esperado, provocando queda da eficiência, além de aumentar o número de afastamentos por motivo de doença.

De maneira geral, a empresa pode contribuir para reduzir o problema proporcionando um local de trabalho agradável, onde as sugestões dos funcionários são levadas em consideração. Uma política de recursos humanos com premiações e oportunidades de treinamento e desenvolvimento também ajuda bastante. "Não podemos esquecer que antes de sermos gerentes, chefes ou subordinados, somos colaboradores, principalmente em um supermercado onde o trabalho é realizado em equipe", finaliza Ribeiro.
EVITE ESTRESSE NA SUA EQUIPE
Manter os colaboradores motivados é uma maneira de combater o problema. Veja o que fazer:

Comunique mais e melhor Seja objetivo e claro; nunca se esqueça de ser assertivo nos problemas. Traga fatos e dados, vá direto ao ponto

Desenvolva Empatia Colocar-se no lugar do outro fazvocê mais humano e ajuda a entender as diferenças

Aprenda a dar Feedback Faça críticas construtivas em vez de "ferraback"

Tenha Foco Isso contribui para que você seja mais produtivo. O mercado de varejo é muito dinâmico e exige atenção e orientação para o resultado

Prazer em Servir Não há nada mais prazeroso do que atender genuinamente as necessidades de alguém. Dedique-se

Fonte: Praxis Consultoria

Deixe uma resposta